SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS!

6 de jul. de 2020

Empanadas do Maridão Cozinheiro!

Empanadas do Maridão Cozinheiro!

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Já mostrei aqui que o maridão aprendeu a cozinhar fazendo bolo. Pois é. Esse foi só o começo. Com os fantásticos bolos o maridão ganhou confiança e passou a fazer outras receitas. Dos petiscos para o fim de noite o que mais fez sucesso aqui em casa e no Instagram do Vida de Cozinheiro foi a empanada do maridão. 

Não sei se você é assim, mas a gente vive sentindo saudade de um prato que provamos durante uma viagem inesquecível. Principalmente agora, que não fazemos idéia de quando será nosso Próximo Embarque, esse "gostinho de quero mais" fica ainda mais forte em nossas memórias.

Conhecendo a Argentina e o Uruguai.
Na Puente de la Mujer, em Buenos Aires, Argentina. E depois na Casapueblo, em Punta Ballena, no Uruguai.
Das nossas andanças pelo mundo, as empanadas têm um sabor especial porque são pratos muito apreciados na Argentina e no Uruguai, os primeiros países que conhecemos juntos. E mesmo depois de um longo caminho percorrido (quase 8 anos e 29 países visitados) esses pasteizinhos continuam fazendo parte de nossas vidas.

Foi por isso que o Thiago foi atrás da receita. Pesquisou na internet e descobriu a base da preparação original das empanadas. Aí ele trocou alguns ingredientes e adaptou as medidas. Fez do jeito dele e ficou uma delícia!

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
As empanadas do Thiago Inter ficaram lindas e bem saborosas.
O passo-a-passo dessa receita é bem fácil. E as empanadas podem ter o recheio que você quiser. Vai ficar por conta da sua criatividade e do seu gosto. Aqui em casa o Thiago quis colocar a carne de porco, porque é a que mais gostamos.

Para fazer o recheio, o Thiago misturou lombo e linguiça. Mas as suas empanadas nem precisam ser de carne. Uma ótima opção vegana seria uma empanada com vários tipos de cogumelo. Você também pode preencher só com legumes. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
O maridão usou carne de porco no recheio das empanadas.
Também fica legal fazer a empanada com os recheios das pizzas tradicionais: milho com bacon, manjericão com tomate, frango com catupiry. E as frutas, por que não? Empanada doce deve ficar uma delícia...

Enfim, pode ser do jeito que você quiser. O importante mesmo é fazer a sua empanada. E cozinhar junto e para quem se ama. Se você nunca fez, tente. Tenho certeza que você vai adorar a experiência. Ficar espiando o forno e ver aquela farinha misturada com água ganhar cor é algo mágico. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Ver a massa ganhar cor é um das alegrias dessa Vida de Cozinheiro.
Além de ficar linda, o gosto dessa dessa empanada na minha Vida de Cozinheiro tem um sabor especial porque nela, além dos ingredientes, tem todo o carinho colocado pelo maridão. 

E aí, o comer junto, saboreando cada pedaço, torna-se um momento inesquecível. Lembranças que vão ficar para sempre na memória juntamente com todas as coisas boas que vivenciamos quando descobrimos essa comida lá na Argentina.

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
As empanadas são pratos tradicionais de vários países da América Latina.
Não sei se você sabe, mas a empanada chegou à América Latina com os espanhóis e, no século XIX, já era uma preparação muito apreciada pelos povos do continente. Hoje a iguaria é parte da cultura de praticamente todos os territórios latinos. Cada país faz a empanada de um jeito, principalmente em relação à massa. Na Argentina a empanada tem formato de meia lua e no Chile ela é retangular. 

A farinha também não precisa ser de trigo. No Peru a empanada é feita de massa folhada. Na Bolívia a massa é a de pizza. Na Colômbia utiliza-se farinha de milho e no Equador banana-da-terra verde para fazer as massas. E, independentemente da farinha usada, os pasteizinhos de todos os lugares costumam apresentar um fechamento bem estiloso, normalmente o ‘repulgue’, a tal trancinha da borda feita à mão. No México e na República Dominicana eu comi empanadas bem parecidas com as que provei na Argentina.

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Tente fazer a empanada na sua casa. É bem fácil. Você vai se surpreender com o resultado.
Para você curtir essa experiência na sua casa eu dou a receita do maridão:

Na massa você vai usar:
. 500g de farinha de trigo peneirada (4 xícaras de chá)
. 1 colher de sopa de manteiga (não vale margarina, viu?)
. 240ml de água morna (1 xícara de chá) 
. 1 colher de chá de sal 

Preparando a Massa: 

Coloque a manteiga numa panela pequena ou num caneco e leve o recipiente ao fogo. Derreta a manteiga (que pode ser aquela do tablete que já vem com sal) e acrescente a água. Deixe o líquido no fogo para ele atingir a temperatura de 60 graus Celsius. Ou seja, até a água ficar morna. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
O Thiago achou mais prático misturar tudo no bowl. Mas a massa também pode ser feita no processador.
Numa tigela grande despeje a farinha. Aproveite para peneirá-la. Depois disso, vá acrescentando a água  morna com a manteiga derretida aos poucos. Misture a massa com as mãos corrigindo o ponto. O que queremos é que essa massa deixe de grudar nas mãos. Se você colocar água além da conta não tem problema. É só acrescentar mais um pouco de farinha.

Aproveite o momento para voltar num tempo em que você brincava de massinha, aquela que nossas mães e avós faziam pra gente usando essa mesma farinha de trigo...

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Quem nunca brincou de massinha? Aproveite o momento para se divertir.
Depois de alguns minutos de diversão (e exercício) mude de etapa porque está na hora de fazer o recheio. Deixe essa massa descansando por, pelo menos, 30 minutos na geladeira. Eu não sou uma expert em massa mas, por tudo o que já li, se você tiver a opção de fazer a massa no dia anterior e deixá-la descansar durante 24 horas, sob refrigeração, essa massa vai ficar ainda melhor. 

Agora, se você acabou de ter a ideia de fazer a empanada e está morrendo de vontade de prová-la o quanto antes deixe essa massa quietinha só por meia hora mesmo. O maridão fez desse jeito e ficou ótimo.

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Deixar a massa descansar é parte do processo. Use esse tempo para fazer o recheio.
Enquanto sua massa descansa aproveite para fazer o recheio. Nessa etapa o que vale é a criatividade. você pode fazer o recheio com qualquer carne, legume, verdura ou fruta e usando o tempero que quiser. O importante é não esquecer que essa mistura vai ficar dentro de uma massa e que, por isso, não pode ser muito molhada.

Para dar umidade ao recheio sem deixá-lo líquido, o maridão usou 1 cebola, picada em tiras pequenas. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Thiago Inter todo contente preparando o recheio das empanadas.
O Thiago também colocou lombo e linguiça de porco (já frita e picada em rodelinhas), orégano fresco (colhido da nossa hortinha), um pouquinho de louro em pó e de pimenta rosa moída na hora. Se você preferir pode substituir a rosa pela pimenta calabresa. Ou não usar nenhuma das duas. 

Com o recheio pronto, deixe-o esfriando enquanto você abre a massa que já descansou. Numa mesa limpa e higienizada vá modelando a massa com a ajuda de um rolo de madeira até ficar fininha.

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Abrir massa é um ótimo descanso para a mente e exercício para os braços.
Usando um pires ou qualquer objeto redondo de tamanho compatível com o que você espera de suas empanadas, faça a marcação e com a ajuda de uma faca, corte os disquinhos de massa.

Detalhe: essa massa não precisa ficar transparente pois, dependendo do recheio, ela pode rasgar com facilidade. Mas eu também não gosto dela muito grossa porque acho que a parte mais interna dela, que entra em contato com o recheio, não assa direito. A proporção entre massa e recheio precisa ser algo que vá agradar o seu paladar.

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
A gente não tem pires redondo em casa. Então o Thiago Inter usou parte de uma compoteira que era da minha bisavó.
Com os disquinhos de massa cortados, preencha-os com o seu recheio predileto. Só não esqueça de considerar essa proporção agradável entre recheio e massa. 

Se a empanada ficar pequena demais será praticamente um pedacinho só de massa. E se ficar muito grande, além de ficar difícil para comer, vai ter recheio em excesso. Aliás, essa dica vale para tudo, né? O equilíbrio é sempre a melhor opção.  

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Eu achei essa proporção de recheio ideal. Mas a empanada é sua. Coloque o tanto que você quiser.
Para finalizar a empanada, faça como se você estivesse fechando um pastel comum, daquele de massa pronta que a gente compra no supermercado. E não esqueça de deixar um espacinho sem recheio nas extremidades desse disquinho para você ir trançando as bordas.

O pastel de feira a gente, normalmente, fecha prensando a massa com um garfo, né? Esse acabamento de traça é típico das empanadas. E eu acho que dá um charme especial à preparação.

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
Fazendo o "repulgue", a trancinha da borda que dá um charme a mais à empanada.
Coloque as empanadas prontas num tabuleiro untado com óleo e use um ovo para pincelar a parte de cima dos pasteizinhos. Minha mãe usa somente a gema, mas eu fico com dó de desperdiçar a clara então uso o ovo inteiro, misturando clara e gema. 

Se você não tiver ovo na geladeira ou não quiser usá-lo tudo bem também. A função dele é deixar sua massa mais amarelada, mais coradinha depois de assada. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
O ovo deixa a empanada bem mais bonita.
Com essa receita fizemos 10 empanadas de tamanho médio. Essa quantidade vai depender do tamanho da forma que você usou para cortar a massa. Não existe medida certa. Faça os pastéis do tamanho que você achar melhor. 

Com as empanadas prontas, leve-as ao forno pré-aquecido à máxima potência. O forno precisa estar bem quente para assar e, ao mesmo tempo, deixar a massa crocante. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
O seu forno precisa estar na temperatura mais alta. Esse detalhe é muito importante para o resultado final.
Aqui em casa a gente tem o elétrico, que é ótimo porque permite assar em temperaturas mais elevadas e ainda é mais preciso na manutenção dessa temperatura.

Depois de cinco minutos no forno mais quente que você conseguir colocar vá observando a evolução da massa. Quando as empanadas estiverem douradas é o ponto de retirá-las do forno. 

Empanadas do Maridão Cozinheiro!
A alegria do Thiago Inter ao retirar as empanadas do forno deixa minha Vida de Cozinheiro ainda mais feliz.
Espero que as suas empanadas façam tanto sucesso quanto as do maridão! 

Gostou desta postagem? Então siga o Vida de Cozinheiro nas Redes Sociais e ajude a divulgar o nosso trabalho compartilhando este conteúdo.


Toda nossa obra é oferecida gratuitamente aos leitores.

Postar um comentário

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Escreva a palavra que deseja buscar, clique na lupa ou aperte "enter". Não se esqueça de acentuar corretamente as palavras para obter o melhor resultado.