quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Carne boa não tem que ser cara!

Carne boa não tem que ser cara!



Há quem diga que comer carne em tempos de crise é um luxo. Ledo engano. Mesmo porque, caro cozinheiro, carne não é e nunca foi sinônimo de filé mignon.

Porque sim, se você considerar o nobre filé como a única proteína pertencente à categoria carne, pode até ser que, durante as vacas magras, sua mesa fique mesmo sem sentir o peso da arroba.
Filé mignon. Foto: Hipermercado Pão de Açúcar / divulgação.
Mas carne é muito mais que isso. Aliás, esses termos “de primeira” e “de segunda” são uma balela que alguém (espertamente) inventou e que muita gente acredito. Afinal, por que mesmo devemos considerar filé mignon carne de primeira? Porque é macia? Porque é refinada?


Nem todo mundo gosta de medalhão de filé... Foto: themeathouseblog.com
Há controvérsia. Minha mãe detesta filé bovino. Acha que a carne não tem gosto de nada e não vê graça nenhuma em comer um suculento medalhão. E ela não é a única. Conheço muitos comensais que não gostam de carne “nobre” e pagam qualquer preço por uma boa rabada, peru ou bode. 

Carne de bode. Uma delícia!!!
Aliás, quando me mudei para Brasília comi pela primeira vez a carne do místico animal e adorei! E antes que você pense eu já esclareço: carne de bode não é dura e nem rançosa. Pelo contrário. É uma delícia! Sem falar que é infinitamente mais barata que o tal filé.

SUBSTITUINDO PATINHO POR PALETA

E este é só um exemplo. Para os mais tradicionais a substituição pode ser bem mais modesta mas não menos vantajosa. Por que não trocar o patinho moído pela paleta moída? Tenho certeza que bem feita (sequinha ou refogada com batatas) garante o sucesso do almoço ou do bife de hambúrguer

E a diferença de dez reais entre o quilo do patinho e o da paleta vai, sem dúvida, impactar no orçamento final do supermercado. Sem contar que carne moída é um curinga porque combina com qualquer acompanhamento. 

Opções não faltam!
SUBSTITUINDO FILÉ MIGNON PELO CONTRA FILÉ

O mesmo acontece com o filé mignon e o seu substituto imediato, o contra filé. A R$ 40,00 o quilo, filé mignon aqui em casa só mesmo em um fondue. Para impressionar com um bom escalope (o nosso bife de cada dia) nada melhor que o contra filé (vendido por R$ 32,00 o quilo). 

É macio, saboroso e mais barato. Substituindo contra-filé por acém.  Mas se R$ 32 ainda é muito para dar num simples bife invente moda e faça o prato com uma nova roupagem. Explico: mais barato ainda é o acém ou o peixinho, que custam R$ 14,00 o quilo e que também podem “render” ótimos bifes, só que de panela. 

Em tempos de crise a panela de pressão deve ser sua grande aliada!
Isso porque estas carnes são mais duras que o contra filé ou o patinho (que custa R$ 25,00 o quilo) mas, cozidas na pressão, ficam super macias. E com os temperos certos e um bom recheio, que vai desde o bacon a uma bela cenoura, podem surpreender! 

Aliás, com as contas subindo e o dinheiro sumindo, nada melhor que amaciar o bolso e variar o cardápio. Comer o mesmo corte do boi todos os dias pode não ser a melhor opção. Economicamente falando o bom mesmo é ousar. 

O AÇOUGUEIRO

Para tanto, deixo aqui registrada uma dica valiosa: faça amizade com o seu açougueiro. Te garanto que nessa crise é muito mais negócio do que a tradicional aproximação com o cabeleireiro. Isso mesmo, caro leitor. Não estou ficando doida não. Quer pessoa melhor para te dizer o que está mais fresco, qual o corte mais vantajoso e o melhor método de cozimento? 

Conheça os cortes! Foto: portal.minervafoods.com
Eu sigo essa regra. Vou ao açougue sem nenhuma preparação em mente. Levo para casa a melhor opção do dia considerando validade, preço e sabor. E sempre dou uma de boba e “finjo” que sei menos do que sei. 

Assim ganho uma aula do meu açougueiro a cada novo corte. Aprendo o que combina com a carne comprada e ainda tenho a oportunidade de sempre preparar uma nova receita. 

RABADA OU COSTELA

Foi assim que saiu a da rabada, uma das mais acessadas aqui do Vida de Cozinheiro. Nunca tinha feito e nem comido esta carne mas meu marido gosta. Resolvi, então, comprá-la e seguindo as determinações do açougueiro preparei um ótimo prato, bem ao estilo bom, bonito e barato!

Bem temperada e cozida a rabada fica uma delícia!
Outra carne com osso que também é muito barata é a costela bovina (aqui perto da minha casa ela custa R$ 11,00 o quilo mas, no “dia da carne” estipulado pelo supermercado já cheguei a comprá-la por R$ 7,00). Bem temperado (eu sempre uso limão, azeite e alecrim) este corte assado no forno convencional é um espetáculo!

FÍGADO OU MOELA

A R$ 7,00 o quilo também sempre compro fígado para fazer bife acebolado (do jeitinho que comemos no Mercado Central de BH). Ou ainda moela (cozida em um belíssimo molho caseiro de tomate, salsa e cebola), que reinou absoluta aqui em casa nesse carnaval!

Cuidado na hora de comprar é fundamental! Foto: Gladstone Campos / nacionaldacarne.com.br
DICAS:

De qualquer maneira, independentemente da carne que será comprada, alguns detalhes importantes devem, sempre, ser observados como a cor vermelho-brilhante da carne de boi, a consistência firme das carnes e, principalmente, em carnes gordurosas, a cor da gordura, que deve ter sempre uma coloração branca ou amarelo-pálida.

Gorduras amarelas indicam que o animal era muito velho e que a carne é dura. E, por fim, o básico: nada substitui o faro apurado de todo cozinheiro, não é mesmo? Carne velha não cheira bem e carne nova não cheira mal.

Gostou desta postagem? Então siga o Vida de Cozinheiro nas Redes Sociais e ajude a divulgar o nosso trabalho compartilhando este conteúdo.

[Facebook] [Instagram] [Twitter] [Pinterest]

Toda nossa obra é oferecida gratuitamente aos leitores.
  1. O melhor Artigo sobre o tema, que pude ler até o momento... Parabéns e obrigado por partilhar conosco a tua experiência a respeito, um grande abraço !!...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Elcio, bom dia! Muito obrigada! É uma alegria enorme receber um elogio assim! Fico feliz em saber que meus artigos estão fazendo a diferença na vida das pessoas! Sabe, Elcio, o VidaDeCozinheiro.com é minha grande paixão! Às vezes escuto (até da minha família) que "gasto" muito tempo com o site e que isso é besteira já que não ganho um centavo com ele... Mas ao receber comentários como o seu percebo que estou no caminho certo! Afinal, que graça teria essa vida se a gente passasse por ela acumulando bens em vez de trocar experiências? Não vejo sentido algum numa existência assim... Sei que não sei tudo. Aliás, sei muito pouco!!! Mas sou curiosa e não me canso de correr atrás de informação! E este é mais um espaço de troca que de doutrinação! Portanto, sinta-se à vontade para comentar, discordar e acrescentar, ok? Grande abraço!

      Excluir
    2. Bom dia Mari, muito gentil de responder ao meu comentário, obrigado!!... Compartilho da tua filosofia de vida e gostei das ponderações que você fez aqui... Teu Site é lindo e valiosíssimo, creia!!... Parabéns e sucesso sempre... "Auguroni, un grande abbraccio e che Dio vi Benedica"...

      Excluir
  2. Amém, Elcio!!! Muito, muito obrigada mesmo! Fique com Deus. Grande abraço!!!

    ResponderExcluir

Whatsapp Button works on Mobile Device only

Start typing and press Enter to search