Molho de Cogumelo Shitake

By 09:58 , , ,

Cogumelo Shitake... Adoro!!!
Sabe aquele tipo de alimento que só faz bem? Pois é, o shitake é um deles! Pra quem não conhece, estamos falando de um cogumelo comestível, de origem japonesa, cultivado há 800 anos pelos povos orientais. 


Rico em proteínas, ácido fólico (fundamental, principalmente, na dieta da gestante), vitaminas e fibras, este cogumelo possui, ainda, uma substância chamada Lentinula Edodes (um polissacarídeo anti-tumoral) que contribui para o bom funcionamento do sistema imunológico. 


Cogumelo Shitake. Foto: USDA / Flickr
E os benefícios também podem ser sentidos na balança! Uma porção de 100 gramas  de shitake, equivalente a uma xícara e meia de chá, contém apenas 35 calorias. Com sabor característico e muito usado na culinária chinesa e japonesa, o shitake pode ser acrescentado em diferentes preparações: risotos, saladas, pizzas, molhos, grelhados e strogonof.

Uma das possibilidades de preparo com o cogumelo eu mais gosto é o creme de shitake . Um curinga da minha cozinha! Essa receita vai bem com tudo: pão, macarrão, arroz e até puro como se fosse um consommé... É bom de qualquer jeito e harmoniza muito bem com cerveja (artesanal, sempre!) e com vinho (sempre fui fã dos brancos, mas agora, vira e mexe, eu experimento um tinto que me agrada...). 


Ciabatta e Shitake é sempre uma ótima combinação! Foto: Christine Wisnieski / Flickr
Receita pra qualquer estação já que pode ser servido frio ou quente. Eu prefiro o frio, regando um pão ciabatta, com um vinho tinto suave, um bom filme e a companhia do meu amor... Rsrs... Anote a receita de um molho para duas pessoas:

- 1 fio de azeite (dê preferência aos azeites de prensagem a frio, com acidez máxima de 0,2%)
- 100 gramas de cogumelo shitake fresco cortado em tiras
- um punhado de cebolinha
- 100 ml de vinho branco seco
- 1 pitada de sal (eu uso o meu Tempero Verde)
- pimenta do reino moída na hora
- 2 colheres de chá de amido de milho dissolvido em 50 ml de água


Além de saboroso, Shitake é uma ótima fonte proteica! Foto: FotoosVanRobin / Flickr
Modo de preparo:

Primeiro corte o cogumelo em tirar não muito finas para evitar que ele desmanche. Reserve. Regue com um fio de azeite a panela e leve-a ao fogo. Coloque o sal (eu uso Tempero Verde) e o shitake. Doure, rapidamente (bem rápido mesmo, cerca de 30 segundos) o cogumelo. Retire o shitake da panela e reserve. Acrescente o vinho branco e deixe o caldo reduzir.

As tiras de cogumelo devem ser de espessura média. Foto: TheBorekaDiary / Flickr
A ideia é fazer com que o álcool evapore e fique apenas aquele gostinho incrível do vinho... Uns dois minutinhos são suficientes... Volte com os cogumelos pra panela, acrescente o amido de milho dissolvido em água e a salsinha picada.

Tempere com pimenta do reino e, se precisar, coloque mais de sal. Assim que o molho engrossar um pouco (ganhar a consistência de creme) é só desligar o fogo e servir! 

Pode ser servido quente ou frio!
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nós te ajudamos com esta postagem? Então siga o Vida de Cozinheiro nas Redes Sociais e ajude a divulgar o nosso trabalho compartilhando este conteúdo.

[Facebook] [Instagram] [Twitter] [Pinterest]

Toda nossa obra é oferecida gratuitamente aos leitores.

Você também pode gostar!

0 comentários